terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

Bem te conheço, oh Máscara...

"Só a fantasia permanece sempre jovem; o que nunca aconteceu nunca envelhece."
 
Schiller





Nunca gostei muito de me mascarar.

Num tempo de  Carnaval,  numa galáxia temporal muito, muito distante, quis muito disfarçar-me de Rainha de Copas, seguramente influências de Lewis Carroll e de Walt Disney, mas não havia fatiota de guarda roupa que preenchesse os requisitos, pelo que fui levada ao engano de que um fato de fada com todos os atributos da mesma, iria ser espectacularmente divertido e inquestionavelmente deslumbrante.

Lá fui eu  toda lampeira, coberta de tules verde água, com uma varinha estrelada, vaporosa e não segura, mas conformada qb.
O meu contento foi tão breve quanto curto era o caminho de casa. O meu Pai,  benza-o Deus e à franqueza que creio lhe ter herdado, assim que me viu com o ensemble do disfarce, não conseguiu deixar de apontar que o velado e etéreo chapéu de fada se parecia demasiado a um cartucho de castanhas assadas... o que era tristemente verdade.

Não me lembro de mais disfarces de Carnaval na minha meninice. Nunca cheguei a vestir-me de Rainha de Copas, mas há bem pouco tempo, inventei uma fatiota de Mad Hatter para uma festa de fantasias, que me assentou que nem uma luva... mero acaso ou facto comprovado de  personalidade gemelar ?

E depois convenci a prole de que Alice era o melhor nome para uma neta de moi, e podem crer que foi na mouche. Não conheço tagarela mais curiosa e espertalhona, caramba !

Ainda assim, e porque os recalcamentos da infância são lixados, tentei convencer a Alice de que seria uma excelente Rainha de Copas, já previamente munida de prints e fotos dos diversos filmes e de vários fatos de máscara para sustentar a minha argumentação, mas não venci nem convenci . Fui derrotada em toda a linha por uma simpática roedora que deitou por terra todas as minhas pretensões à criação de uma Minnie me ...



8 comentários:

  1. Eu e o Carnaval temo uma relação tumultuosa.
    Não gosto, ponto final!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Creio que todas as crianças gostam de personificar o seu ídolo, monstro, herói, vilão... depois é so mesmo para quem gosta de folia. Francamente dispenso. Tem alturas que é porque tem que ser, mas felizmente são poucas.
      Abraço Pedro.

      Eliminar
  2. Quanta delicadeza, ternura e doçura na imagem e mensagem! Encantada!!! AbraçO

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Rainha de Copas é a tal que manda cortar a cabeça a toda a gente, mas lá no fundo não ´deve ser assim tão má.
      Beijinho Nidja

      Eliminar
  3. Memórias de ternura, em ternura transformada.
    Uma boa semana.
    Beijos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. :D:D:D:D:D
      Boa semana também para si, Graça, obrigada

      Eliminar
  4. Sendo hoje DIA INTERNACIONAL DA MULHER, nada me impede de dizer que: "" Cada mulher que nasce é uma Estrela que brilha na Terra "" ...... A Sua publicação é de uma ternura e carinho exemplares.
    .
    * (Poetizando e Encantando) MULHER ... O Equilíbrio da Vida *
    .
    Votos de um dia feliz

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Neste dia, nasceu mais uma estrlinha no céu.
      Abraço Gil

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva