quinta-feira, 20 de agosto de 2015

Willkommen Bienvenue Welcome

"Sob a lua, a sombra que se alonga é uma só."


Jorge Luis Borges



Tenho fases, como a lua, 
Fases de andar escondida, 
fases de vir para a rua... 
Perdição da minha vida! 
Perdição da vida minha! 
Tenho fases de ser tua, 
tenho outras de ser sozinha. 
Fases que vão e que vêm, 
no secreto calendário 
que um astrólogo arbitrário 
inventou para meu uso. 
E roda a melancolia 

seu interminável fuso! 

Cecília Meireles








A Sombra sou eu, pois que tenho luas e sou de luas.
Oiço-a, oiço-a sim, 
Que é ela quem comanda as minhas noites
O calor e loucura que parecem não ter fim









Bem vindos à minha Lua! 
Escolham uma, tenho tantas, de tantas cores e feitios
Tomam-me durante os estios, enredam-me, vestem-me nua
Endoidam-me em desvarios





Sombração na minha pele, arrepio de pensamento
Murmúrio a todo o momento, força que atrai e repele
Bem vindos à minha Lua!
Projector do meu tablado, luz que ilumina o meu fado











Feitiço de noites loucas, são tantas e são tão poucas
Muitas falas , vozes roucas, muita gente sem idade
Na ira, na alacridade
No que se pede e se traz, dás-me a loucura das noites
Dás-me o silêncio e a paz.


( Todas as fotos por MD Roque)








                                                       

30 comentários:

  1. Que saudades, M D! De si e da Lua. Estas férias calharam-me na fase da Lua Nova, que falta me faz a Lua a brilhar inteira no céu!
    Beijinhos, muitos! :-)

    ResponderEliminar
  2. Obrigada, minha querida Susaninha. Aventuras em verso não são o meu forte, mas quando bate com força, olhe... é da lua.
    É uma das minhas paixões fotografar a lua, que me mostra a mesma face sob diversos tons de make up. Pena que a Lua Azul estivesse enublada.
    Beijocas, minha querida :)

    ResponderEliminar
  3. La Luna!!
    Foi essa frase que a inspirou??
    Bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O filme de Bertolucci, sim, Pedro.
      Vi-o com vinte anos, talvez, e fascinou-me de luar :) :) :)
      Abraços a oriente!

      Eliminar
  4. Estamos com todas as fases da lua. A lua é dos poetas também... Gostei das fotografias e do texto. Muito.
    Beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Graça. Foi meio expontâneo o texto... Muitas noites até tarde têm efeitos destes.
      Obrigada, minha querida e um beijinho :)

      Eliminar
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Magia de lua feiticeira ?? :) :) :)

      Eliminar
  6. Ena, que apaixonado e vibrante texto lunar!
    E se a lua não nos enlouquece, somos nós que, ao nos enlouquecermos, culpamos a lua e as suas fases!
    (Senti-me muito bem por aqui...)
    Bjo, querida Dulce :)
    (Eliminei o comentário porque me esqueci de fazer referência às belíssimas fotos. Seria imperdoável!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não mostra seguramente o meu lado lunar, mas as minhas vunerabilidades às infindáveis noites e à lua que as comanda. Fez-me feliz teres gostado, pois nadar na tua praia nunca será para mim, minha querida.
      Muitos beijinhos e obrigada. :) :)

      Eliminar
  7. Nice article, greeting from Belgium

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Hello and welcome Louisette! Thank you !
      :)

      Eliminar
  8. A lua e seus múltiplos encantos em belas imagens e não menos belo texto. Uma combinação perfeita.
    Um abraço e uma óptima semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Elvira, que saudade. :)
      Saudade daqui, saudade de si... :)
      Obrigada e um beijinho.

      Eliminar
  9. Parabéns MD, nas fotografias e nas palavras revelou poesia.

    A Lua vem na maré
    umas vezes cheia
    outras vezes viva
    muda de roupa
    a cada fase
    nua quando cheia
    é quando ela alua.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido amigo, se traçar algumas letras sobre aquele fogo que arde sem se ver ( e que não é forçosamente nem amor, nem gripe) é revelar poesia, então pois sim... Um pouco talvez. Não sou poeta . Não é a minha praia. Gosto de escrever. Gosto de extravasar sentimento quando o sangue me ebule e corre veloz.
      Um grande abraço Agostinho, e obrigada pelo(o seu sim) poema :)

      Eliminar
  10. Todos somos um pouco como a lua, temos várias faces.
    Excelente!
    Beijinhos
    Maria

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Maria. E o nosso lado lunar nem sempre é agradável. :)
      Beijinhos

      Eliminar
  11. "Toda a alma tem uma face negra
    Nem eu nem tu fugimos à regra
    Tiremos à expressão todo o dramatismo
    Por ser para ti eu uso um eufemismo
    Chamemos-lhe apenas o lado lunar"

    Vim aqui espreitar e deixei-me ficar a apanhar banhos de luas. Tão bonitas que ficaram na fotografia, com as suas faces de pérola :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. https://www.youtube.com/watch?v=m39pAENWTFs

      :) :) :)

      Beijinho

      Eliminar
    2. Tintarella di luna,
      tintarella color latte...

      Um beijinho :)

      Eliminar
    3. É isso mesmo, Miss Smile :) :)
      Outro para si :)

      Eliminar
  12. Belas fotos e versos sobre a lua!
    A lua acompanha-nos, principalmente aos noctívagos, e não pertence apenas aos poetas e ao percurso das marés.
    Reflecte a luz do sol, e embora o Homem a tivesse pisado, não perdeu contudo, a sua magia, como bem demonstras!
    E como parecendo igual se apresenta sempre diferente!
    É um prazer voltar a reler-te, Dulce!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Laurinha, que saudades de ti !
      Tenho saudades daqui também, mas sinto muito a falta de dois dedos de conversa com quem muito me diz.
      Obrigada pelo carinho. Venho mudar a intravenosa e o oxigénio e reparo que por aqui afinal ainda mexe !
      Graças a Deus.
      Beijinho

      Eliminar
  13. Querida M D Roque,
    Mas que longa fase de andar escondida...
    Um beijo,
    Outro Ente.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querido Outro Ente,
      o "bichinho álacre e sedento,

      de focinho pontiagudo,

      que fossa através de tudo

      num perpétuo movimento."

      Empurra-me de volta tantas vezes e tantas vezes executo manobras de ressuscitamento e deixo o blog a respirar... não está morto, digamos que está num coma induzido, mas reversível.

      O meu lado lunar ainda não passou de lua nova :) :) :) :)

      Beijinho

      Eliminar
  14. Onde anda a minha piratinha preferida?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Querida Cuca, minha querida Capitã.
      Do porão das galés da realidade dos homens é difícil escapar, mas não desanimo. Já vi a Grande Evasão umas 30 vezes e já arranjei à socapa uma luva e uma bola de baseball para ir aprendendo a ser (mais) paciente.
      Não vos deixo de ler. Nunca.
      Beijos grandes grandes e um brinde com sumo de laranja natural !!! :)

      Eliminar
  15. Poema dos meus preferidos!!!
    Fases tuas, fases minhas, fases nossas!! E que benditas sejam elas!!!

    Abraços

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Elzinha. Um grande beijinho

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva