sábado, 21 de fevereiro de 2015

Fiel Amigo

"Responsabilidade: um fardo descartável e facilmente transferido para os ombros de Deus, do Destino, da Sina, da Sorte, ou do nosso vizinho. Nos tempos da astrologia, era comum descarregá-lo para cima de uma estrela"

Ambrose Bierce




(...)Serei talvez isso tudo…
E depois ? Em que me hei-de dar? 
Gira o tempo, gira a vida,
E tudo sempre a mudar !
Quem sabe lá os destinos
Que Deus tem para nos dar

Arminda Frade ( do meu livro da 3ª classe)









Apesar de ser um ideia de valor e a considerar seriamente em futuro próximo, não serão estas linhas uma dissertação sobre as propriedades e qualidades do bacalhau, como proteína de eleição na mesa dos portugueses, prato principal obrigatório de muitas consoadas, típico na patanisca e bom no pastel, fonte de inesgotável ómega 3, essa gordura poli-insaturada imprescindível na diminuição dos níveis de triglicerídeos e LDL e consequente promotora de gentes saudáveis. Acrescentei-o à minha to do list, quem sabe não inspirará no mínimo um soneto ou uma ode.

Sendo eu pessoa mais ligada a astronomias do que a astrologias, acredito que o universo se rege e nos rege de algum modo misterioso e insondável, mas que somos mais afectados pelas decisões que tomamos e caminhos que seguimos, do que pela constelação em ascendente no dia e hora em que respirámos ar pela primeira vez.

Na elíptica celeste do Zodíaco, tenho, ao que parece, a vida governada pelo astro rei e o mau feitio do fulvo felino de quatro patas e dito rei da bicharada. Por outro lado, noutras leituras celestes, estas em anos lunares, calhei de brotar para a vida num ano sob a influência do melhor amigo do homem.

É inevitável que se me afigure que até os astros se conjugam em qualquer das leituras para me pôr de quatro com a vida, mas parece que afinal até é bom, que são aparentados quadrúpedes, muito dados às artes e ao saber, com brilho e modéstia qb.

E eis-me assim, meio doce, meio selvagem... agridoce, portanto : "odeio  a injustiça, com um coração nobre que me leva a lutar contra o que considero injusto e tirânico, no entanto não sou muito conflituosa e prefiro sempre o caminho diplomático sobre a opção violenta, sou adaptável e sei aceitar as limitações da vida "...  mas atenção! : "Sou criativa e extrovertida,  prepotente e mandona, serei  até uma pessoa arrogante, orgulhosa e com muito mau génio. Posso ser intolerante e dogmática, mas em geral sou boa, idealista e inteligente."

Confesso que leio os horóscopos. Não os procuro. Leio por ler, se casualmente me deparo com eles e sorrio sempre com a leitura. É naturalíssimo que adivinhe algo de mim em todo aquele emaranhado de contra-sensos.
Mas no novelo de qualidades e defeitos que compõem a personalidade da nativa de muitos sois e tantas luas, há algo comum que considero acertado: sou responsável, sou alegre, sou fiel e sou amiga. 
Sou sim e basta-me saber que sou constante como a primeira estrela, o anjo da manhã que saúda a aurora e recebe o ocaso.





                                                        

10 comentários:

  1. Boa tarde!
    Decidi voltar a contactar os seguidores do meu antigo blog "humorcego"
    Recentemente, começei um novo projeto e encontro-me em diasporadossentidos.blogspot.pt
    Faça a sua visita!
    Obrigado e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Pedro, obrigada pelo convite.
      bom Domingo :)

      Eliminar
  2. Guardei esses versos de A. Frade, porque aquilo que lemos em tenra idade, geralmente fica, embora sem saber quem os tinha escrito.
    Preferível a citação de A. Bierce!
    Eu então que nem de astronomias sou, imagine-se se de astrologias, embora deite os olhos
    quando com o meu signo me deparo, do género: "deixa lá ver...", e gosto sobretudo quando me dizem que não vou ter problemas de
    dinheiro, e que a semana também é favorável em termos de saúde e de dinheiro...:-) Uma Balança a tentar equilibrar-se a todo o instante.
    Prefiro ser Tigre no horóscopo chinês, e imaginar que isso tem algum significado...Mas também não tem. Enfim, não interessa para nada!
    O texto está muito bom, a começar logo com o fiel amigo bacalhau, passando depois para o fiel amigo do homem.
    A música é gira, e não conhecia!
    Bom domingo!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes que foi uma das poucas poesias que decorei na integra e de que ainda me lembro, na integra ?
      Deve ser disso de ser Leão e Cão: não sou grande amante de bacalhau , mas como, nas variantes malucas a que amiúde me proponho.
      Beijinho, Laurinha e obrigada :)

      Eliminar
  3. ola a bastante tempo que nao lei a vosso blog
    tenho muito trabalho e pouco tempo para disfrutar
    desculpa -me
    por encanto creio en luz et da sombras pretas illusaos
    obrigado pelo musica mas gostei pouco
    talvez tenho poco tempo tamben tenho que ovir o ultimo U2 y os ultimos wild beast
    talvez seja otro grupo que merece atançao sao sempre et talvez sempre os brilantissimos mogwais

    até ja

    jorge

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até já Jorge, e obrigada pela visita.
      Boas audições :) :)

      Eliminar
  4. Confesso que também leio horóscopos, embora não os procure. Sobretudo, gosto de ler as características do meu signo, aquário, onde se enquadra a ideia do que sou. Mas nada sei de ascendentes e afins.
    Que sei eu do Universo? Apenas que sou uma breve luz enquanto não se extinguir. Assim, admiro quem se dedica ao estudo dos sinais. Uma "ciência" que atravessa a Humanidade!
    Importante mesmo é que as pessoas convivam bem com as suas peculiaridades (a essência deste teu texto). E, a meu ver, estás muito bem neste caminho, querida D.
    Como sempre, citações, ilustração e música adequadas. Como sempre, deleito-me a ler-te.
    Bjo :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho graça aos horóscopos. Se leres duas revistas na sala de espera do médico, tens duas leituras diferentes sobre as previsões para essa semana. Saúde, Dinheiro, Amor e agora Trabalho, porque isso de amor e uma cabana, já não convence ninguém. Normalmente nunca bate a bolota com a perdigota, mas diverte-me.
      Beijinho, minha querida.

      Eliminar
  5. Quando a tua mãe, tu e a tua filha mais nova se juntam, deve ser o bom e o bonito. Todas Leoas com pelo na venta :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. ... e com a bisavó Júlia e o seu "jinete", era um ramalhete bem composto, Lu eheheheheh

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva