quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Abanhada ...


Olho do alto o gêlo, ao gêlo me arremesso...  
                 Tombei... 
         E fico só esmagado sobre mim!...


E eu que sou o rei de toda esta incoerência, 
Eu próprio turbilhão, anseio por fixá-la 
E giro até partir... Mas tudo me resvala 
Em bruma e sonolência.
Alteio-me na côr à fôrça de quebranto, 
Estendo os braços de alma - e nem um espasmo venço!... 
Peneiro-me na sombra - em nada me condenso... 
Agonias de luz eu vibro ainda entanto.

( Mário de Sá Carneiro)





Não há noticiário nem jornal, revista cor de rosa ou página da internet que não fale dos célebres banhos gelados, em que todos os que se crêem de importância neste mundo se desafiam mutuamente  a  despejar baldes de água gelada pela cabeça ( o premiado Ice Bucket Challenge) em nome de uma causa meritória desse sacrifício de proporções bíblicas e que é  a angariação de fundos para a ONG que combate a Esclerose Lateral Amiotrófica.
É assim que os Who's Who têm arranjado tema de conversa e alguma acção sem paralelo, que os guie na travessia da Silly Season.
É normalíssimo que depois de o ex basebolista Peter Frates, (diagnosticado com a doença em 2012) ter começado a campanha com um vídeo gone viral no You Tube, todos o tenham seguido, quanto mais não seja para terem o seu próprio vídeo no You Tube, mas desta vez ligado a uma causa humanitária, tal qual o fazem  os seus ídolos.
Digamos que é a moda das Selfies, mas desta vez com gelo, shaken but not stirred.

Eu, que tanto balde de água fria já levei nesta vida, e que na minha OCD me reconheço a IBM ( Ice Bucket Master) de todos os tempos, pasmo em como não tive dois dedos de testa para me lembrar de começar eu própria semelhante movimento de massas !

 Os meus 15 minutos de fama seriam exponencialmente elevados à estratosfera, tornava-me entendida em baldadas, com vídeos virais e frases motivadoras e quiçá o meu próprio programa de TV, qualquer coisa do género Portugal On Ice, a minha presença seria o ponto alto em toda a notícia escrita, filmada ou difundida pelas frequências de qualquer rádio profissional ou amadora...

Mas não, não houve Veni Vidi Vinci... Terei que resumir-me à minha falta de visão e ao pardacentismo que me é tão característico. Nunca poderei ser desafiada pelo CR7 ou pela Jennifer Lopez ( my role model...), nada...zero... finito.

Irei carpir as minhas mágoas elsewhere e voltarei por aqui a partir do início de Setembro... quem sabe ver outras caras, outras pessoas, outras paragens, não mitigue a dor e o sofrimento de não ter sido eu a special one.

A riveder le amici miei

So Long


           

38 comentários:

  1. Esse papo de balde de gelo, está por todo lugar kkkkk
    E meu filho me amolando querendo fazer.
    Moda é moda

    Um lindo dia pra vc =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É , parece que sim, Bellzinha, que todo o Mundo quer ser famoso, com um balde de água fria, cabeça abaixo :):(:(
      Beijoca.

      Eliminar
  2. boas férias, querida MD.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Primeiro é uma semana sabática, depois uma extravaganzza (mais tarde publicarei fotos) , e SÓ em Setembro é que, espero bem, vá haver algum descanso por aqui... Estou preparadíssima para fazer NADA, venham elas !!!
      Obrigada, sem quem for, muito obrigada MESMO :D:D:D

      Eliminar
    2. alguém que gosta muito de si. muito.

      Eliminar
    3. Obrigada, minha querida menina linda . Mil beijos e muitas saudades. :):):)):):):):)

      Eliminar
  3. A causa humanitária por traz desses baldes de água fria parece-me bem pensada, até porque é uma maneira de alertar para um problema bastante sério. Ainda assim, contribuir monetariamente para a causa é muito mais importante que os vídeos

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É como tudo, querida Andreia. Há a parte de consciencializar as pessoas para uma doença incurável em que a pesquisa é fundamental, e depois há a parte de "aparecer" como se por encanto se fosse convidado por "alguém" e no fundo fazer uma papel ridículo... But then again, todos podem ser ridículos por uma boa causa :):):):):):)

      Beijinho e BFS

      Eliminar
  4. Explica lá bem a parte da Sabática de que falavas mais acima, se vais trabalhar na semana que vem ? Vai lá ao teu dicionário ver o significado da palavra .
    Diverte-te e descansa muito em Setembro .
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chatinha , pah!
      Sabática do Blog, stravaganzza até dia 1, full relax a partir de dia dia 3.
      Pormenores, só mais tarde, ou como diria alguém mais inteligente que JJ, prognósticos, só no fim do jogo.
      Ciao ! :):):):):):):)

      Eliminar
  5. Cá para mim, acho que muitos daqueles banhos não são nada gelados.
    O Youtube não consegue (ainda) medir a temperatura do liquido.

    Uma moda como tantas outras, mas esta dá dinheiro.
    Desconfio se será todo devidamente aproveitado.

    Banhos de água fria? Quem não teve a sua dose?

    Beijinhos e não derrames lágrimas por tal, não merece a pena.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nisso tens toda a razão, Pérola, minha linda.
      Uma beijoca :):)

      Eliminar
  6. Respostas
    1. Muito obrigada Pedro.
      Abraço. :):):)

      Eliminar
  7. Estou contigo. Para baldes de água fria já nos bastam aqueles que temos de apanhar sem querer de vez em quando.
    Uma grande causa não deveria justificar fazer figuras ridículas, mas enfim, eu acho que só tem a ver com o espírito de rebanho; se ele faz eu também faço, e há gente que como se sabe, considera importante é aparecer.
    Boas férias, Dulce!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva, Laurinha, obrigada, minha querida. Vou pontuando aqui e ali, e quando chegar ao Farniente, talvez conte uma história ou duas.
      Beijos , muitos :):)

      Eliminar
  8. Mesmo a favor de causas, há "modas" que me põem fora de (a) moda. Frequentemente são pretextos para "aparecer". Na dita "silly season" há que criar "fait-divers" para entreter o pessoal.
    Mas dou o benefício da dúvida: que seja bem aplicado, embora nunca saibamos se o foi. Entretanto já terá surgido outra novidade!
    E no teu merecido tempo de férias que tudo te/vos corra de feição!
    Bjos, D :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez vos surpreenda com alguma baldada, quem sabe... Ou quem sabe irei só "baldar-me" á rotina por uns tempos... :):):):):)
      Obrigada e um Xi muito apertado. Beijoca, querida EU

      Eliminar
  9. Virou moda. E moda é moda. Lembrei de uma história que minha avó contava de um homem que flagrou a mulher com o amante e desvairado queria matar o outro. Com desfaçatez a mulher convenceu o marido que era moda, todas as senhoras de bem tinham amante. O homem acalmou e disse: "Bom se é moda, ponha-se na minha senhora" Quero eu dizer que na minha opinião os famosos fazem mais os banhos por moda do que pela causa que eles poderiam ajudar se quisessem em qualquer altura e sem fazerem alarde disso.
    Boas férias.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É realmente verdade, Elvira, mas estes alertas ou apesar de nos consciencializarem para causas como a da ELA, se querem ter algum sucesso em termos de angariação de fundos têm que forçosamente ter uma componente idiota. Não há nada que chame mais a atenção do que o ridículo. E parece que funciona, Elvira :):):):)
      Obrigada e um beijinho grande.

      Eliminar
  10. As nossas baterias são já, felizmente, solares de origem -- precisam de sol, que como toda a gente sabe, é melhor absorvido se se estiver perto de água azul, de areia dourada ou de relva verde. Os princípios de eficiência energética assim o ditam, esta ecologia do descanso que tem as suas regras bem estabelecidas.
    Bom repouso solar, cara MD :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada , querido X.
      Ainda faltam uns dias, uns de trabalho, outros mais aventureiros, mas anseio pela minha espreguiçadeira solar, o meu Pleno baptizado e os meus sete livros, e claro está, mar a perder de vista e muitas fotos :):):):)

      Beijinho e boa noite :)

      Eliminar
  11. Vai lá descansada e aproveita muito. Ah! E poucos baldes de água fria. Aguardamos as fotos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prometido , Gaja Maria, minha querida.
      Beijoquinhas :):):):)

      Eliminar
  12. Gostei da forma como colocou a nova moda . É muito bom vir ao seu espaço , MDRoque . Beijos e bom final de semana .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva , Marisa, muito obrigada :):):):):):)
      Um Bonfim de semana par si também :):)

      Eliminar
  13. Céu azul, calor qb e água a mais de uma 19 graus se for possível :) com ou sem baldes gelados espero que aproveites para descansar :))
    Beijos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tudo correr conforme o planeado, nem o mer frio me poderá aborrecer.
      Obrigada, querida, um beijinho :):):)

      Eliminar
  14. Ao menos é por uma boa causa...
    Mas também digo que já basta para nós, pessoas comuns, os baldes de água fria que a vida nos despeja em cima...
    Gostei de ler aqui o poema de Mário de Sá Carneiro.
    Um abraço.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devolvo o abraço e obrigada .
      Beijos.

      Eliminar
  15. Banhos à parte... tudo de bom, excelente regresso.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, António. Um abraço enorme. :):)

      Eliminar
  16. Que sejam felizes e retemperadoras essas férias.
    Um abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Elvira, minha amiga. Bijinho e até já :)

      Eliminar
  17. Mário de Sá-Carneiro muito a propósito.
    Se a ideia inicial do balde é genial o mesmo não digo da carneirice que se lhe seguiu a demonstrar que as pessoas abdicaram nestes nossos dias da sensatez e da decência a troco do ilusório "minuto de fama".

    Que tenha uns dias de gratas emoções no recato familiar de um novo mundo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se 30% aderiu ao Balde, pelo mérito da causa, já é um número significativo.
      Obrigada , Agostinho, um abraço amigo

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva