sexta-feira, 9 de maio de 2014

Corpo Celeste

"Para que percorres inutilmente o céu inteiro à procura da tua estrela ? Põe-na lá "
Vergílio Ferreira




Mil Anos Há que Busco a Minha Estrela

Mil anos há que busco a minha estrela 
E os Fados dizem que ma têm guardada; 
Levantei-me de noite e madrugada, 
Por mais que madruguei, não pude vê-la. 


Francisco Rodrigues Lobo 








Na minha estrela há uma luz que brilha diferente. Gigantes azuis encandeiam sombras anãs vermelhas e fulgem intensa e pesadamente ... são tão crédulos da fugacidade da sua existência ... 
Pequenos corpos anões explodem em colossais supernovas de genialidade e maravilham a claridade com o seu prisma de cores caleidoscópicas e loucas. Pontuam no breu como velas, candeias brilhantes, ardentes clepsidras geladas de luz que marcam o compasso  dos milénios.

Na minha estrela há uma luz que sara, que aconchega, que afaga numa carícia áurea de caramelo como uma cefeida na nuvem de Magalhães, referência de caminhos e distâncias a percorrer.

Na minha estrela estou eu, inebriada de brilhos e cores, embalada pelo cintilar e pelo ardor intenso  que me acaricia a fantasia e a transporta em caudas de cometas empurrados por ventos de muitos sóis para reinos de névoas distantes em luz e em cor, vagando de constelação em constelação sempre em busca dos infinitos porquês da existência do infinito.

Na minha estrela estão os meus amores, que me sorriem todos os dias e me mostram o caminho para que eu possa escolher  atravessar os dias da vida com a mesma serenidade que um dia me elevará do buraco negro até à minha estrela.




                  

20 comentários:

  1. E a tua estrela brilha em cada palavra que deixas aqui, neste céu junto à terra :))
    Um beijo grande :)

    ResponderEliminar
  2. Grato pela visita M D,tenho muito gosto em receber-te.
    Fiz como sugeriste.
    Gosto muito de vir aqui. É sempre uma viagem: às vezes num carrossel alegre e vertiginoso como a do post anterior, outras vezes numa nave interestelar como neste post.
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas sempre em velocidade WARP :):):)

      Eliminar
  3. Querida MDRoque, a surpreender-me desde 1970 e se Deus quiser ainda por muitos anos :):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. When I get older losing my hair,
      Many years from now,
      Will you still be sending me a valentine
      Birthday greetings bottle of wine?

      If I'd been out till quarter to three
      Would you lock the door,
      Will you still need me, will you still feed me,
      When I'm sixty-four?

      :D:D:D:D

      Eliminar
  4. Ana Mariamaio 09, 2014

    É isso mesmo :):)
    Live long and prosper.
    Beijos loucos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. May the 4th be always with you ... and the 5th, the 6th and so on.

      :D:D:D

      Eliminar
  5. Maria do Céumaio 09, 2014

    Um texto para mim! Sabe que em vez de Maria do Céu era suposto chamarem-me Celeste ?
    Gostei demais !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tudo matéria estrelar a brilhar no Caminho de Santiago, Céu, com uma luz que irradia paz.
      Beijinho :):)

      Eliminar
  6. A nossa estrela somos sempre nós, com todo o brilho que de nós possamos retirar para nos iluminar os passos e para projectar sobre aqueles que nos rodeiam. Tu tens muita luz.
    Quanto às outras estrelas, as celestes, são belas e distantes, gostamos de olhá-las e da luz que projectam na terra, mas toda a sua luz não servirá de grande coisa se a noite não nos trouxer o sono, esse sono tranquilo que só a nossa própria estrela pode conceder.
    Gostei muito!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Laurinha, és uma estrela fantástica e irradiante.
      Beijinho e bom fim de semana.

      Eliminar
  7. eu sou da opinião, e por causa do que tenho vivio ao longo dos anos, de que não existe uma estrela no céu para todos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É por isso que temos que a pôr lá nós mesmos, como diz e muito bem o Vergílio Ferreira.
      E nem sempre é fácil. Eu sei.
      BFS Adriana . Beijinho

      Eliminar
  8. L'unica stella che sono riuscito a trovare è mia moglie. Ottimo post e buonanotte.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Baci per te e per lei, Elio :):):)
      Grazie e buon fine settimana

      Eliminar
  9. A tua estrela tem um brilho magnífico que contagia todos os que aqui vêm :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tnkx , Gaja , minha querida e simpática Maria.
      Boas melhoras e BFS. Beijocas

      Eliminar
  10. O meu preâmbulo: sempre achei piada à frase "tem/tens uma estrela lá em cima a velar por si/ti)...Também quando alguém querido parte, é frequente dizer que é mais uma estrela a brilhar (sobretudo às crianças). Também há quem "fixe" uma estrela e diga que é propriedade sua. Confesso que nunca me detive nestes simbolismos. Talvez seja mais terra a terra e prefira fazer sobressair a estrela que brilha no interior da pessoa. Deformação profissional, talvez...
    O texto, teu: partindo de dados científicos, cada vez mais surpreendentes e que nos reduzem à nossa pequenez, vais particularizando esse teu sentido de estrela "Na minha estrela" - metáfora de um guia, uma luz a sinalizar o caminho, pormenorizando esses pontos de luz - os afetos, os teus amores...Em suma, o teu centro de luz imana de dentro para fora numa miscelânea de sensibilidade, humanidade, carinho, deixando o seu rasto nos teus seres queridos, perpassando também essa inebriante cabecinha pensadora!
    E foi mais um texto adorável!
    Bjo, D :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou aproveitando a luz do meu parco conhecimento enquanto me é permitido ter luz própria. :):):)
      Beijo e bom Domingo.

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva