sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Wonderland

"A única forma de chegar ao impossível, é acreditar que é possível." - Lewis Carrol



A FADA DAS CRIANÇAS


Do seu longínquo reino cor-de-rosa,
Voando pela noite silenciosa,
A fada das crianças vem, luzindo.
Papoulas a coroam, e, cobrindo
Seu corpo todo, a tornam misteriosa.

À criança que dorme chega leve,
E, pondo-lhe na fronte a mão de neve,
Os seus cabelos de ouro acaricia –
E sonhos lindos, como ninguém teve,
A sentir a criança principia.

E todos os brinquedos se transformam
Em coisas vivas, e um cortejo formam:
Cavalos e soldados e bonecas,
Ursos e pretos, que vêm, vão e tornam,
E palhaços que tocam em rabecas…

E há figuras pequenas e engraçadas
Que brincam e dão saltos e passadas…
Mas vem o dia, e, leve e graciosa,
Pé ante pé, volta a melhor das fadas
Ao seu longínquo reino cor-de-rosa.


Fernando Pessoa





Vou percorrer o Vale do Indo, aspirar mil aromas, perder-me num mar de cor, sentada na garupa imaginária do Tornado negro da raposa de Veracruz. Ao lado, com uma cabeça de vantagem, galopa  Silver, alvo Appaloosa do heróico Ranger que não vai só, leva cingida a si a mais bela Geisha de Cipan Guó.
Kasachok ! Raz! Dva! Tri ! E rodopiam e saltam e cantam e dançam como incansáveis piões musicais, e os dias passam e as noites vão e cantam harmonias nas  cores do arco iris que cai das fitas da pandeireta que agito bem alto.
Tudo bem majestade ? " É o Delfim, é o Delfim", e todos se curvam em respeitosa vénia. E que lindo é o Delfim! Belo como um querubim de Rafael!
"-Mãe, mãe ! Sabes o que eu quero ser ?"
E eles vibram de excitação e falam e contam, e a Mãe com mãos de fada e olhos de amor,  pega a tesoura, a agulha, o dedal e a linha e transforma com a sua magia a fina seda da cândida imaginação. Veste-lhes o mundo de fantasia com roupagens de faz de conta, ajeita-lhes os sonhos doces nos chapéus e nos toucados, beija-os com ternura e vê-os afastar-se a correr , felizes e despreocupados, rumo à sua história de conto de fadas.





                                      

20 comentários:

  1. Feliz sexta-feira!!!
    Muito encantadora sua postagem, amei.
    Bjs
    Nicinha

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nicinha, minha querida, muito obrigada
      Bom fim de semana.
      Um beijo !

      Eliminar
  2. Saudades da ingénua imaginação da infância! (Confesso que, de vez em quando, tenho ums resquícios dela...)

    Beijinhos Marianos, MD! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também te gostavas de mascarar de princesa, fada , princesa Brama, geisha ... Ou eras mais maria rapaz? Eu gostava de ser índio e pirata .
      Beijinhos

      Eliminar
    2. Nada de princesas! Era mais índia (podíamos ter feito um excelente casal), super-mulher, ... :)

      Eliminar
    3. Eheheh... Um destes dias, estávamos a falar da Marvel e na DC Comics, e veio á baila os vingadores. A mulherada queria o Thor... Bem, eu também não me importava, mas do rol, a ter que escolher um, quero SER o Thor, pois que até a minha "barba " já pica!!
      Beijinho, querida Maria, bom fim de semana :)

      Eliminar
  3. ...as crianças do meu tempo gostavam do Limahl, corriam a Londres e iam ao mesmo café onde ele ia, e cantavam:turn around look at what you see...in her face the mirror of your dreams...make believe I'm everywhere given in the light written on the pages is the answer to a never ending story...
    Ah...e jogávamos ping pong nas férias algarvias, sem nunca esquecermos a história que nunca acabava. Por me teres feito lembrar esta canção tão importante para mim, vou checar no you tube e vou postar a história que nunca mais acabava.
    beijos

    Reach the stars
    Fly a fantasy...
    Dream a dream
    And what you see will be

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bastian, o dragão, a fantasia e a música do Limhal, this is the answer to a Neverending Story. Sempre adorei o filme.
      BFS. :):)

      Eliminar
  4. Adoro o filme e, segredo dos segredos, tive uma fase Limahl, corte de cabelo, madeixas....
    O Mano é o Cossaco, o Menino é o Delfim... Os outros não sei bem.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Limahl era Kajagogo,e era um must, mas eu era fã do Bowie no Labirynth.
      Sim, sim é não conheces mais ninguém .
      XX BFS

      Eliminar
  5. E que a fantasia perdure em nós, criando as personagens e os cenários usando o poder transfigurador das palavras...

    Mais uma vez gostei deste "alinhamento" :)

    Bjo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Eu. Infelizmente a realidade apanha-nos num segundo e tudo muda para sempre, temos que aproveitar a fantasia enquanto ela dura


      Eliminar
  6. Na infância podemos ser todas princesas e acreditar que não existem impossíveis. Embora guardemos a criança dentro de nós, toda a fantasia acaba por esbater-se nas realidades possíveis e impossíveis.
    Ah a fantástica Neverending Story!...:-)
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem imaginas como as tuas palavras me soam reais.
      Beijo

      Eliminar
  7. Bom dia querida
    Lindo poema. A inocência da criança vive em cada um de nós e que ela nunca se perca. “A amizade é fundamental em nossas vidas. Por isso agradeço a Deus pelas pessoas que ocupam um lugar especial em meu coração. Você é uma delas! Obrigada por seu carinho” E para estreitar os laços da nossa amizade estou lhe oferecendo um singelo mimo. Acesse aqui... http://gracitamensagens.blogspot.com.br/2014/01/o-valor-de-uma-amizade.html e pegue o seu. Tenha um lindo final de semana.
    Beijos com afeto
    Gracita

    ResponderEliminar
  8. Alguém disse um dia: «por aqui não fazemos milagres, mas tentamos o impossível».
    Afinal, todos temos direito ao nosso conto de fadas.

    Tudo de bom.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. These are the things that Dreams até made of, como dizia a música .
      Boa semana, amigo.
      Abraço. D

      Eliminar
  9. Me encanta tanto poemas, persiguiendo sueños, YO aún lo hacen, sólo vengo a tejer diferentes en el tiempo.
    En amor y luz
    Cyn

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sueños de niños , hermosos y cándidos.
      Besos

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva