terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Man on the Moon

"Cada um de nós é uma lua e tem um lado escuro que nunca mostra a ninguém" - Mark Twain













Lua Adversa


Tenho fases, como a lua, 
Fases de andar escondida, 
fases de vir para a rua... 
Perdição da minha vida! 
Perdição da vida minha! 
Tenho fases de ser tua, 
tenho outras de ser sozinha. 

Fases que vão e que vêm, 
no secreto calendário 
que um astrólogo arbitrário 
inventou para meu uso. 

E roda a melancolia 
seu interminável fuso! 

Não me encontro com ninguém 
(tenho fases, como a lua...). 
No dia de alguém ser meu 
não é dia de eu ser sua... 
E, quando chega esse dia, 
o outro desapareceu...

Cecília Meireles













Sou de luas. Desde tenra idade que o Homem na Lua me mirava com olhar reprovador sempre que fazia alguma traquinice, dizia a minha avó. De dia não havia lua, por isso podia fazer todas as maldades que ninguém via, mas a avó dizia que sim, que havia lua, que ela estava lá sempre, só que se escondida para me testar.
Sou de luas. Sempre me guiou no escuro da noite, quando os candeeiros eram esparsos, e os néons só nos filmes.
Sou de Luas. Quando a luz reflectida no mar guiava os barquinhos até à praia onde se puxava a rede e o peixe cintilava sob o luar como irrequietos pedaços de prata.
Sou de luas. Certinhas, contadas ao dia, acompanharam cada nascimento, cada brotar de vida que dei de mim.
Sou de Luas. Como me instruiu a Bisavó Júlia, que aprendera com a sua bisavó, o que a ela lhe ensinaram os que foram , ofereci os meus rebentos à bênção da lua entoando os dizeres pagãos cuja origem se perdeu na noite dos tempos :



  "Oh Lua, oh luar,
Aqui tens a minha menina,
Ajuda-me a criar.
Eu sou a mãe, tu és a ama,
Dá-lhe tu o colo,
Que eu lhe dou a mama"






Sou de Luas. Sei que me agita, que me altera, que me alvoroça . Comparsa de perenes noites insones,  é a ela que conto os meus segredos aqueles que nem eu própria conheço, que são reclusos da minha aresta lunar, aquela que nunca limei, a mais selvagem, a agreste, a bravia.




 Sou de Luas , tenho por ela o mesmo fascínio que encantou  escritores e poetas, embalou  doces paixões, belas e horrendas  metamorfoses e viu o homem crescer do nada e tornar-se humano à luz da Lua.



  Vês o Muad'Dib ?  Está lá, ali, vês ?



                              
                                                         ( Fotos do Casulo por MDRoque)

14 comentários:

  1. Gostei, acho que todo mundo tem suas fases =)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oi Bellzinjha. Verdadinha ! Todos temos fases e a face negra, aquela que é raro os outros verem.
      Beijinho. D

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Viva Ricardo! Bom vê-lo por cá de novo :):)
      Obrigada.
      Xi-<3 D

      Eliminar
  3. Muito bom!
    As fases da Lua influenciam muito mais os ciclos de vida do que à primeira vista se pode pensar. Somos claridade, muita sombra e alguma escuridão; abençoado lado lunar que até de nós mesmos oculta o nosso próprio mistério.
    Mark Twain, Cecília Meireles, Geninha M. e C. e Ney M., um simples e fascinante dizer pagão, um belo texto, e ainda por cima belas fotos!... Não conseguiste arranjar mais nada?...;-)
    Tu és é uma grande "aluada" cheia de criatividade e genica!...:-) E sabemos como a lua é inspiradora.
    Gostei muito.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aluada é bem o termo, porque tenho luas de tonalidades desconcertantes.
      Obrigada Laurinha, um beijinho da D.

      Eliminar
  4. Um post de luxo, sobre um tema que me fascina.

    Sou de luas...no mesmo dia tenho várias fases...

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Enigmática Mona Lisa, como te compreendo ! :):).
      Beijinho. D

      Eliminar
  5. A lua tem tantas fases, também sou assim, as vezes nem eu entendo como posso mudar tanto, mas tem muita gente que diz ``é por causa da lua``.
    Bonitas frases!
    Tenha um bom dia!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Camila, bem-vinda. A Lua que regula as colheitas, as marés, a essência da vida , é como uma estrela guia. Estar com a lua nem sempre é negativo, muito pelo contrário. Se fecharmos os olhos e pusermos Chopin a tocar baixinho um dos 21 noturnos, tem dedo da Lua e é simplesmente belo.
      Beijinho e obrigada !
      D

      Eliminar
  6. Pedimos-te a madrugada, mas que bom estares aluada !
    Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah
    A sério, adore.
    Beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahahahahahahahahahahahah !
      Brilhante poetisa. Obrigada. Beijinho. D

      Eliminar
  7. Simplesmente adorei e me identifiquei com o texto! Adoro observar a lua, vê-la "subindo" ao céu e refletir sobre a vida enquanto contemplo o espetáculo. Este poema da Cecília Meireles, que postastes, é um dos meus preferidos...
    Obrigada pela visita ao meu espaço, e estou seguindo você!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Mari, bem vinda ! O tempo tem estado tão esquisito, que as saudades de melhores dias apertam.
      Obrigada pela sua simpatia e um grande beijo. D

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva