quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

If I Were Rich....

"Um rico é diferente daquele que não o é: tem mais dinheiro." Ernest Hemingway




Dona Abastança

«A caridade é amor» 
Proclama dona Abastança 
Esposa do comendador 
Senhor da alta finança. 
Família necessitada 
A boa senhora acode 
Pouco a uns a outros nada 
«Dar a todos não se pode.» 
Já se deixa ver 
Que não pode ser 
Quem 
O que tem 
Dá a pedir vem. 
O bem da bolsa lhes sai 
E sai caro fazer o bem 
Ela dá ele subtrai 
Fazem como lhes convém 
Ela aos pobres dá uns cobres 
Ele incansável lá vai 
Com o que tira a quem não tem 
Fazendo mais e mais pobres. 
Já se deixa ver 
Que não pode ser 
Dar 
Sem ter 
E ter sem tirar. 
Todo o que milhões furtou 
Sempre ao bem-fazer foi dado 
Pouco custa a quem roubou 
Dar pouco a quem foi roubado. 
Oh engano sempre novo 
De tão estranha caridade 
Feita com dinheiro do povo 
Ao povo desta cidade. 

Manuel da Fonseca







Com tantas e tão diferentes e cativantes formas de ganhar dinheiro fácil com que nos aliciam as misericórdias deste país, ele é Euromilhõe, Totoloto, Totobola, Raspadinhas e Lotarias... Espera !  Ainda há o Joker, com extracção ao Domingo, que penso que é o que melhor se enquadra na personalidade de quem joga.
Não quero de modo algum apelidar os que tentam a sorte de otários, aliás eu faço paço parte da mole humana que toda as semanas despende religiosamente pelo menos quatro Euros para poder ter a chance de a sorte lhe bater à porta e poder escancará-la para ela entrar.
As lotarias legais não são um logro e disso temos exemplo O Zé da Ribeira do Porto que ganhou grosso no Totobola, levou a vida que sempre sonhou, e agora velho, só e abandonado pelos que bem lhe queriam, ainda se arrasta para arrumar carros e assim ganhar para o tabaco, a bica e o bagacinho , que a sopa vai comê-la à  Casa-Porto. Que o diga também a Senhora de Marco de Canaveses com os seus 51 milhões e na bagagem uma vida sofrida de trabalho e filhos para criar sem ajuda de ninguém, a quem a vida sorriu e que se deixou levar pelos sorrisos todos...
Pela parte que me toca, com o aparte da anedota do judeu, porque muitas são as vezes que o esquecimento supera o ritual, também construo os meus castelos no ar com base no SE... naquele SE por quem todos anseiam, porque afinal "Elas andam lá todas" .
A família, está claro. Para as filhas tudo!  Casa nova, mas uma casa ou duas, que uma na praia ia bem, ou mesmo três, que o Marido é do Gerês e ter lá casa era de valor. E carro novo, e passear muito, e... e... e ajudar alguém ? Pois claro, se já ajudo, ajudarei a dobrar, mas como desconfio muito das instituições e do modo como distribuem os bens pelos necessitados, não seria melhor criar a minha própria instituição?   Bem, isso depois se vê... First things first.
Depois desço à terra e penso nas rendas, no preço dos imóveis e IMIs, nos impostos sobre prémios, em todos os outros impostos , que são inumeráveis e nos encargos,  e chega-me a imagem dum ser enrugado e roliço, com um hoodie dobrado no braço e um jornal enrolado na mala a tiracolo, a preparar-se para arrumar carros em Belém....


                                 

16 comentários:

  1. Eu já desisti disso dos euromilhões e afins há muitos anos. Aborreci-me (zanguei-me a serio mesmo) com a incompetência das criaturas.
    Pois se sou eu que marco os números primeiro, eles é que têm de acertar! E nunca acertam!
    Não jogo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahah ! Quanto é que lhes pagas para acertarem nos respectivos buracos? É que presentemente é tudo uma questão de luvas... Até as bolas, bolas !

      Eliminar
    2. Não pago nada porque aquele é o trabalho deles, oras!
      :DD

      Eliminar
    3. Pensando bem, já levam quarenta e tal por cento do prémio, por isso que façam por valer o sal que comem.
      :):):)

      Eliminar
  2. Nunca me saiu sequer um cêntimo no Euromilhões . Também é raro jogar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho que mencionei a anedota do judeu . Melher, a ti serve-te que nem um sapatinho de Cinderela! Como queres que te saia, se não jogas ? Só tu...

      Eliminar
  3. Hello,
    interesting post.
    Greetings.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Thankx Pantherka dear. Glad you like my writtings.
      All the best

      Eliminar
  4. Eu, se fosse rica , para além de distribuir pela família e ajudar aqui e ali, comprava o domínio blogspot.pt, só para ficar a saber quem são certos e determinados FDP e ter o prazer de os mandar pastar caracóis. E prontes.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Desculpa -me cara piquena, but, what's the point, hã?
      Olha, nem de propósito, estive a ver nas notcícias ( o que é raro) os bilionários caídos... Isso é que dá que pensar o quanto azarada ou simplesmente desgovernada e desmiolada uma pessoa pode ser. Essa é que é essa...

      Eliminar
  5. Mal entrei aqui e li o 'If I Were... apeteceu de imediato acrescentar o 'a Rich Man yubby dibby dibby dibby...'

    Quanto ao jogo, só tenho a chamada sorte de principiante, ganho sempre qualquer coisita e depois nunca mais. Deve existir por ali alguma mensagem oculta. com certeza. O meu pai é que de vez em quando ganha qualquer coisa, lotaria de natal e coisas semelhantes. Eu sou mais bolos.

    Gostei do header do blogue :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O yibbi dibby dibby di, ficou no fim, mas foi a música a ditar o post, pode crer. Não sei se é apanágio das Marias, mas eu também é mais bolos. Bem, honestamente, é mais chocolates, mas enfim... Jogo pouco. Normalmente só me lembro que não joguei sequer, se alguém me pede para ir "pôr" o Euromilhões , mas já me saiu um prémio chorudo : 47.49€ !!!! A partir daí, só peanuts.

      A maior parte das fotos nos meus posts são minhas, tiradas de casa na sua maioria a várias horas do dia. A luz é a maior criadora de magia que conheço. A do Header, tirei-a nas Azenhas do mar. Adoro photografia, e se pudesse.... Olha, uma coisinha para a minha wishlist do Euromilhões .
      Obrigada e um Xi - <3. D

      Eliminar
  6. Olá M D Roque,vim agradecer a sua visita.
    Gostei já fiquei por aqui.
    Obrigada pelo carinho,volte sempre,beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva, Nelma, bem-vinda.
      Fique á vontade e ralhe comigo sempre que eu merecer.
      Beijinho. D

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva