domingo, 26 de janeiro de 2014

Gaudium

"A alegria não está nas coisas, está em nós." Johann Goethe



Só se Pode Ser Feliz Simplificando

Só se pode ser feliz simplificando, simplificando sempre, arrancando, diminuindo, esmagando, reduzindo; e a inteligência cria em volta de nós um mar imenso de ondas, de espumas, de destroços, no meio do qual somos depois o náufrago que se revolta, que se debate em vão, que não quer desaparecer sem estreitar de encontro ao peito qualquer coisa que anda longe: raio de sol em reflexo de estrelas.
 E todos os astros moram lá no alto.

Florbela Espanca




... E o sol furou o negro e sorriu- me ... ( Foto do casulo MDRoque)


Um leve acordar depois duma noite sem memória. A tempestade acalmou e serenou o espírito e o corpo massacrado. Resta aguardar que a incansável mãe natureza dê por finda a sua obra de decesso e regeneração.
Resguardada no silêncio, espero ansiosa, quase feliz, deixando flutuar o júbilo nos meus humores até onde a luz toca o azul cinzento do mar.
Amanhã vai certamente haver sol, pois nem negrume nem borrasca ofuscarão a alegria que continuará a brilhar em mim como a mais fulgurante estrela do Caminho de Santiago



             

10 comentários:

  1. Basta acreditar que podes ver de longe o mar e olhar para o céu, para a água, para a espuma ou uma imensidão de nada. Afinal "Só se pode ser feliz simplificando"...

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se tens o pensamento limpo de nuvens negras e o corpo de saúda alegremente. verás então que os bojadores serão simples de dobrar.
      Obrigada JP. Bom Domingo.
      Xi-<3

      Eliminar
  2. "Amanhã vai certamente haver sol..." Parabéns pelos textos, confesso que precisava lê-los. Estarei sempre aqui.
    Excelente semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva Cris, bem-vinda.obrigada pelo comentário e pela simpatia. Sinta-se sempre á vontade no meu cantinho. Uma alegre semana e um grande beijinho. D

      Eliminar
  3. A Florbela adaptou o princípio da navalha de Occam à felicidade: sempre que há duas explicações para a mesmo efeito, a mais simples é a melhor. Um grande proponente da simplificação, o bom Frei Guilherme. Tantos séculos depois, ainda lutamos contra a complexidade desnecessária que se atravessa no caminho da nossa felicidade...

    Boa tarde, M D :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A intuitividade de Frei Guilherme é muito acertada : mens sana in corpórea sano e as coisas são bem mais simples, o que nos faz bem mais alegres e despreocupados.
      Resto de bom Domingo, X. Obrigada

      Eliminar
  4. Ainda bem que aqui está um sol radioso, porque eu tenho a mania de complicar tudo...;-)
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sob o meu ponto de vista, não sou nada de nada complicada, mas complico-me frequentemente, basta não conseguir pensar direito, já me embaralho toda.
      Venha a luz, que de sombras já me basta.
      Resto de bom Domingo. Beijinho. D

      Eliminar
  5. Mais animada é bom sinal. Cuidado com os ares condicionados e com as correntes de ar, para não teres uma recaída.
    Beijos. Cuida-te

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já preparei os componentes do cocktail para amanhã. Acredito-os á prova de bicho, mas nunca se sabe.
      Beijinhos e resto de bom Domingo

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva