quinta-feira, 16 de janeiro de 2014

Da Raiva

"Quando um sábio está com raiva, deixa de ser sábio." - Talmude



Com Fúria e Raiva

Com fúria e raiva acuso o demagogo 
E o seu capitalismo das palavras 

Pois é preciso saber que a palavra é sagrada 
Que de longe muito longe um povo a trouxe 
E nela pôs sua alma confiada 

De longe muito longe desde o início 
O homem soube de si pela palavra 
E nomeou a pedra a flor a água 
E tudo emergiu porque ele disse 

Com fúria e raiva acuso o demagogo 
Que se promove à sombra da palavra 
E da palavra faz poder e jogo 
E transforma as palavras em moeda 
Como se fez com o trigo e com a terra


Sophia de Mello Breyner Andresen




                                                     (  Paolo Troilo: Pintura a dedo )


 Nasce contigo, visceral , repugnante, perversa...  permanece dormente nas entranhas como um gémeo parasita, pronta para sair, subir à garganta e transformar-te num monstro, numa gárgula aberrante e disforme que te corrompe, que te altera, que te faz vociferar dejectos incongruentes num tom estonteado e vil que faz tremer as paredes, que faz tremer as pessoas, que te agita de alto abaixo até sair por completo, projectada no ar com o efeito duma bomba avantajada, porque no fundo fez vitimas e os estragos são desmesurados e incontáveis... irreparáveis até.
Climax de segundos e regressa ao antro, deixando-te esmagada, desfeita, só.
Não consegues varrer os cacos , porque há coisas que depois de ditas e feitas, não têm retorno e tu sabes , porque durante toda a tua vida te debateste com a besta. Desta vez levou-te a melhor e tu tens que aprender a viver com isso... mais uma vez.






   
                                

16 comentários:

  1. engraçado (ou não), tenho um post nos rascunho com o nome Raiva... quando li o seu, lembrei-me dele...

    um beijinho (e Sophia é sempre tão bom :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Viva, linda. Depois da raiva, vem sempre aquela culpa que é órfã, mas que temos que acolher e fazer nossa. E Shopia é linda de ler, sempre. Vegetar no silêncio faz bem. Beijoca

      Eliminar
    2. «Depois da raiva, vem sempre aquela culpa que é órfã», sim...

      Eliminar
    3. E a tristeza da certeza de que podia não ter sido assim... Bj.

      Eliminar
  2. Querida Dulce
    Muito obrigada pelo carinho da sua presença na minha «CASA» e pelas suas palavras tão gentis.
    Tem toda a razão quando diz (citando Allen Põe) - Tudo aquilo que vemos ou nos parece nada mais é do que um sonho dentro de um sonho.
    É por isso que na vida há espaço para a ILUSÃO…
    Beijinhos
    Mariazita
    (Link para o meu blog principal)

    PS - Fiquei um pouco assustada com tanta raiva!!! :)
    Muitas vezes temos mesmo que viver com os cacos, ou, pelo menos, tentar sobreviver...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pior é que não resolve nada e deixa um infinito rasto de mágoa.
      Beijinho, Mariazita

      Eliminar
  3. Então não era hoje o aguardado dia de jejum,? É que isto é forte para quem ia estar a pão e água.
    Mas está tudo bem, certo?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ramadão adjourned. Some screw up around here. Everything's fine. Love. D

      Eliminar
  4. Tiveste outro sonho Dexter/Hannibal, ou deu-te um vaipe? Para bom entendedor, ninguém faz castelos no ar e escreve destas a seguir. Anima-te moçoila que o teu sarcasmo faz falta e tem andado muito sumido.
    Beijos
    Ana Maria

    ResponderEliminar
  5. Vaipe, claro. Não passou. Vai passando. Ainda me pesa o peito da explosão.
    Amanhã . Amanhã começo um ramadão.
    (Ando a dizer isto há quanto tempo? :):)

    ResponderEliminar
  6. Boa noite...
    Este é o meu novo endereço do blog. http://reginaladydapaz.blogspot.com.br teve uma pequena mudança se você me seguir novamente vai poder receber todas as minhas atualizações.Pois no outro link esta dando que não existe a Lady da Paz.

    Deixo aqui meu carinho e paz.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Lady querida. Vou actualizar para poder seguir.
      Beijinho. D

      Eliminar
  7. Seu texto fala de raiva coisa que muito atrapalha o bom viver
    das pessoas.
    Em todo o mundo acredito na existência de muito mais raiva
    do que amor.
    Um abraço abençoado final de semana beijos,Evanir.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá querida Evanir. O amor é um sentimento doce que cresce com o tempo e se transforma em algo belo. A raiva é fugaz , imensa mas passageira , capaz de um estrago sem precedentes. A emoção controla ambos. Mau é quando eles controlam a emoção. Beijinho.

      Eliminar
  8. Ciao, scusa se arrivo solo oggi da te, ma correggo subito il mio erore. Mi piace il tuo blog perché amo la poesia, la ittura e la musica. E' molto vero quello che si dice nella poesia, l'uomo in collera non può riflettere e non sempre si riesce a calmarsi prima di reagire, alle volte inutilmente. Grazie per la musica di Forrest Gamp, un film che ho molto apprezzato. A presto.

    ResponderEliminar
  9. Elio Ciao, benvenuto e grazie per le tue parole. Rabbia sopra,spero per lungo tempo
    Un buon fine settimana.
    Xo-<3 D

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva