segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Um Furacão chamado D

"Minha alma é feita de luz e trevas; nada de brumas. Ou faz bom tempo ou há temporal; as temperaturas variáveis são de pouca duração." Victoria Ocampo



Quando se acorda muito nublado, depois duma data de anos a viver na nossa pele, uma pessoa capta logo que se aproxima temporal do grosso.

Começa por uma deslocação de ar que se sente com alguma intensidade e que demora muito pouco  a dar origem a um tornado de grau 2, pouco estrago mas tudo num virote.




Se as condições atmosféricas se proporcionarem, as nuvens demoram a dissipar-se mas  entrevêem-se algumas abertas  e a ventania abranda. Normalmente é o mais frequente e apesar da pressão andar por alturas estratosféricas, a faceta anticiclónica acaba por levar a melhor e a calmaria regressa, apesar da ondulação continuar agitada e pronta a rebentar a qualquer momento em vagalhões desproporcionados.



Depois há aqueles dias em que as convergências de tudo o que é atmosfericamente ruim  se conjugam para criar a tempestade perfeita, e uma violenta massa de ar  a que costumava dar nomes femininos não sei porque carga de água, liberta-se com violência e leva tudo à frente, indiscriminadamente, encrespando oceanos num crescendo de sucessivas vagas ,  ribombando cobras e lagartos e jorrando ininterruptos rios de água até ficar completamente esgotada, mas tendo deixado para trás um rasto de destruição tantas vezes irreparável. Este é o Furacão chamado D.





É difícil lidar com a natureza em fúria, como é impossível lidar com as fúrias incontroladas dos sentimentos quando estão à flor da pele. Não é fácil resistir nem é bonito de se ver e acaba como começou, com uma profunda tristeza, uma angústia opressiva que dá ganas de gritar até rebentar.

 Butterflies & Hurricanes



16 comentários:

  1. Ai Maria que me parece que andamos na mesma onda!
    (eu bem que não quero mas parece que é da minha natureza)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vá, vamos dizer que é do frio, para não parecer que temos mau feitio.. Beijinhos :)

      Eliminar
  2. Victoria Ocampo! Bom gosto M D (mas isso já sabia :))
    É o que eu chamo a força (in)tranquila, como um geiser. Demora, mas um dia, o geiser mostra-se em toda a sua força, a sua glória, a sua raiva.

    Boa noite, M D :)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um Geiser ! Exactamente ! Beijinho Señor X e Obrigada !! Ah! Y muy buenas noches :)

      Eliminar
  3. Nada como a fúria duma mulher zangada. :X

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é bem zangada é mais furiosa com o mundo :)

      Eliminar
  4. Essa fúria... Conheço-a bem! Só é pena que, às vezes, depois da tempestade, nos apeteça retirar um monte de coisas ditas e feitas...

    Beijinhos Marianos, MD! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É nessa altura que jogamos o trunfo feminino dos 3 Ésses : Sense, Sensibility and Sex... Pode demorar mas não falha. Beijinhos from M to U. :)

      Eliminar
  5. Olá, acabo de visitar seu blog e segui-lo. Lhe desejo foco, sucesso e força. Que conquiste muitas realizações através do mesmo. E também convido você e seus/suas leitores/leitoras a conhecer o meu blog: toobege.blogspot.com.br . Beijinhos e espero você lá também *0*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Mariana. Lá estarei. Beijinho

      Eliminar
  6. Belíssimo post que prima pela inteligente e bela narrativa comparativa... Há uma força nas palavras
    Também gostei muito da citação de Vitoria Ocampo!

    :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Daniel, pela sua simpatia. Gosto muito de ler sul americanos e Ocampo é fascinante. :)

      Eliminar
  7. Vim agradecer o teu delicioso comentário no meu tasco de fotografia. Fazes-me sentir especial quando há (deve haver) 1 milhão de fotógrafos melhores que eu.

    Gostei de conhecer o teu blog "tuzinha, nua e crua'

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gostei das fotos no teu blog. Gosto de chuva , por exemplo.... Tenho por aí posts de fotos que vou tirando, principalmente de casa, mas nada assim de altíssimo gabarito. Vou passar a espreitar o teu tasco com mais frequência, e um dia ainda te vou chatear o juízo para aprender a fotografar de noite. Obrigada e volta sempre !!!!

      Eliminar
  8. Adorei a frase de introdução e todas as tuas palavras seguintes.

    Um beijinho e bom resto de semana *

    http://agatadesaltosaltos.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá Gata, bem-vinda. Que bom que gostaste !Obrigada e quem grande beijinho. D

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva