sábado, 28 de dezembro de 2013

Meet the Parents

“I sat down and tried to rest. I could not; though I had been on foot all day, I could not now repose an instant; I was too much excited. A phase of my life was closing tonight, a new one opening tomorrow: impossible to slumber in the interval; I must watch feverishly while the change was being accomplished.”- Charlotte Brontë



Escolhido por uma questão de necessidade de coadunação de horários e disponibilidades, ficou o Sábado 28 de Dezembro de 2013 agendado to Meet the Parents ( the in Laws, I mean).
A Pérola mais nova a quem se atribui o epíteto de futura nora, já privou com os parentes do Genro- wannabe e fala maravilhas sobre a simplicidade, simpatia e aceitação imediata e incondicional que encontrou no seio da família do seu eleito.
O presente Genro -wannabe ( o anterior já oficializou e me condecorou com a gargantilha da  Ordem das Sogras -um tanto ou quanto apertada demais para o meu gosto, mas enfim...) , como ia dizendo o pretendente a genro actual afigura-se bom rapaz. É um homem a quem a vida endureceu já aos 24 anos, por contar no currículo da profissão que abraçou duas campanhas com o contingente das forças especiais  portuguesas no Afeganistão. É calado, cumpridor,  comedido e gosta muito da minha filha.

E porque se me derem trela, nunca mais me calo, começo a divagar e um texto que seria suposto ter dois ou três parágrafos, não tardará a fazer parecer o Ulysses um folheto de cordel, se atentarmos ao tamanho.





Só conheço a família de ouvir falar; como serão ? Quero parecer bem.. quero fazer bem... quero dizer bem ... quero que levem boa impressão desta família, da  casa, dos  cozinhados, da conversa... quero abrir a alma e não retrair sentimentos, pois se nada tenho para esconder e tenho sempre tanto de mim para dar... Quero apreciação e apreciar.... no fundo o que eu quero mesmo mesmo, é que o jantar corra bem. Que no final haja sorrisos espontâneos e sentidos.

De volta aos tachos, com o coração nas mãos, com  a ajuda de Goethe e com a certeza que amanhã é já daqui a nada:


"Quem supera, vence."




                 

12 comentários:

  1. Tenho a certeza que vão gostar muito de si. Impossível não gostar :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Chuif,chuif.... :') Oh pah, lá vou eu ficar com os olhos embaciados e perder o ponto dos frutos silvestres do cheesecake :D:D . Obrigada, querida Palmier. Um Beijo da D

      Eliminar
  2. Adoro sempre a relação que fazes entre as citações e o texto que escreves!
    Imagino a expectativa perante esse jantar que representa de certa forma uma "oficialização" para uma futura mudança de vida da tua Pérola mais nova,mas vai tudo correr super-bem; só pode....:-)
    "É calado, comedido e gosta muito da minha filha" Este gostar muito é o mais importante de tudo. Tenho a certeza que apesar de ficares com "o coração nas mãos" esse cheesecake de furos silvestres vai ficar uma delícia!
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Na verdade, querida Laura, mãe duma linda princesa, estas coisas de "jantares oficiais" de família são na realidade um pretexto para nos "familiarizarmos" com os novos futuros membros da família e se eu bem me conheço, isto é tudo "nerves" e mais nada. O nós mães queremos mesmo é ver as nossas filhas felizes. Ponto.

      Beijinho e obrigada. D :)

      Eliminar
  3. Impõe-se descrição do Menu ao pormenor !!!! :-)
    Kiss.
    Mia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mia, minha querida, e se lhe assaltam os desejos? Não poderia nunca perdoar-me !! ehehehehehehe, Tudo OK com o malandreco ?
      Jokas. D

      Eliminar
  4. Tenho a certeza que vai correr bem. Quem recebe de coração aberto é sempre (ou, pelo menos, quase sempre) retribuido.

    ResponderEliminar
  5. Está tudo a compor-se ou pelo menos assim parece. Obrigada minha querida. Beijoca. D

    ResponderEliminar
  6. Não consigo parar de rir. Lembrei-me do teu post do Dexter/Hannibal e toca de te imaginar a ler o post aos familiares do futuro genro. Coitados, quando ele lhes dissesse que ia jantar a tua casa, ficariam sempre na dúvida se seria para jantar ou se seria o jantar . ahahahahahahahahahahaha. Desculpa. Um Beijo. Luisa :):):):)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahahahahahahahahahahahahah. Nossa senhora da agrela, do que esta piquena se havia de lembrar. Agora que me deixaste a pensar nisso.... ahahahahhhahahahahah. Joka. D

      Eliminar
  7. De certeza que o jantar correu muito bem e que o futuro genro continua anisoso por entrar para a família. Quem sabe, ainda mais ansioso ao descobrir os talentos culinários e a simpatia da futura sogra... ;)

    Beijinhos Marianos, MD! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que querida, Maria ! Felizmente correu bem. Fiz coisas simples porque não é possível adivinhar os gostos de quem não se conhece, e por vezes manter simples é o melhor. Fiz Duck & Rice, croquetes de alheira de caça com sementes de sésamo, um Vegan BBQ e um Cheesecake de frutos silvestres. Parece-te bem? Acho que gostaram. Eram simpáticos, simples e agradáveis. Prova superada.

      Jokas, querida Maria, obrigada !

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva