quinta-feira, 5 de dezembro de 2013

Free at last, free at last, free at last


"Não existe nenhum passeio fácil para a

liberdade em lado nenhum, e muitos de nós

teremos que atravessar o vale da sombra da 

morte vezes sem conta até que consigamos 

atingir o cume da montanha dos nossos 

desejos." - Madiba

 Invictus

Invictus

Out of the night that covers me,
Black as the pit from pole to pole,
I thank whatever gods may be
For my unconquerable soul.

In the fell clutch of circumstance
I have not winced nor cried aloud.
Under the bludgeonings of chance
My head is bloody, but unbowed.

Beyond this place of wrath and tears
Looms but the Horror of the shade,
And yet the menace of the years
Finds and shall find me unafraid.

It matters not how strait the gate,
How charged with punishments the scroll,
I am the master of my fate:
I am the captain of my soul.





Nelson Rolihlahla Mandela 1918 - 2013

Thank you, Madiba. We will meet again

10 comentários:

  1. Sem dúvida que nos encontraremos outra vez, mas por agora não consigo segurar as lágrimas;sim, sei que talvez seja exagerado mas sinto-o como perda pessoal.
    A morte de um homem bom é sempre, sempre uma grande perda para nós todos.
    Que os seus ensinamentos vivam dentro de nós nos anos vindouros e que os saibamos passar às gerações seguintes.
    A mudança começa em nós.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sabes,pensar que ele estava de novo preso, numa concha de pele e osso e a sofrer mais do que na cela e na tortura de Robben Island é libertador... Agora, nas palavras de outro homem igualmente grande:free at last, free at last, free at last... Till we cross the street, Madiba !

      Eliminar
    2. Verdade Maria, absolutamente verdade (e esse foi o pensamento que me consolou na morte do meu pai) mas é grande o sentimento de perda...

      Eliminar
    3. Esse é o sentimento com que tentamos minimizar todas as perdas, mas a verdade é que o vazio nada nem ninguém preenche.

      Eliminar
  2. O mundo agradece e chora. :( Luisa Esteja onde estiver olhará pelas crianças e pelo seu futuro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se não acreditarmos que iremos daqui para um lugar melhor,a permanência torna-se quase insuportável, por isso creio que sim, que serão energias positivas nas veredas do futuro. Beijinho Luisa

      Eliminar
  3. A terra fica mais empobrecida de homens como Mandela. Certamente, ele espera que empunhemos a sua bandeira (ou bandeiras) para transformar o mundo. É preciso acreditar que é possível.

    Abraço forte,

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acreditar e fazer acontecer. É por aí. Abraço José Calos, obrigada e boa noite.

      Eliminar
  4. Não é fácil dar a vida pelo que se acredita.

    É coisa divina.

    Que repouse em paz.

    A história já o guardou para todo o sempre.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Madiba viveu os dias que a vida lhe deu lutando por uma causa. Lutou calado, lutou escrevendo, pintando, sendo líder dum país, trazendo mudanças... quando interiorizou que a via era a da paz, foi quando vislumbrou a vitória e inscreveu o seu nome na eternidade. Beijinho Pérola

      Eliminar

É aqui que me mandas dar uma curva