segunda-feira, 18 de novembro de 2013

15 minutos de fama

<a href="http://www.bloglovin.com/blog/10988435/?claim=artynpa33gj">Follow my blog with Bloglovin</a>


"A fama é a prova de que as pessoas são crédulas." Ralph W.  Emerson



Eu que sou mais um rosto na multidão, mas numa multidão muito específica que toma a Minha Guerra diariamente de assalto há centenas de anos, também tive os meus 15 minutos de fama, os tais que Warhol diz que não há quem não consiga durante a sua vida, em maior ou menor escala.

Os meus foram em grande, algumas vezes à escala nacional, muitas outras além fronteiras. 
Tantas vezes delirei comigo e com a minha oratória de circunstância, com os gaguejares, as hesitações a naturalidade tão pouco natural, e as mãos senhores, que raio fazer com as mãos, alguém me diz?

Isto tudo para dizer que apareci na TV, dei entrevistas para os jornais, tive muito mais do que os tais 15 minutos de fama de que tanto se fala. Também me enchi de 9 horas, ora essa !

( Nota  : palavras homófonas são as que se pronunciam e soam do mesmo modo, mas com grafia e significado MUITO diferente, como por exemplo FOLHAR em Português e FOLLAR em Español)


Mas não quero deixar de vos contar um caso muito especial, durante uma peça para a TV Galícia, se não estou em erro. Falávamos sobre a história do local, a maravilha do produto , as etapas de produção... até aqui tudo bem, até o apresentador me perguntar como se dizia "hojaldre" em português. Ora aqui a sabichona nem pensou duas vezes e respondeu "folhado". Seguiram-se, claro está N perguntas sobre folhado, sobre as senhoras que folhavam e se eu sabia folhar, ao que respondi que sim, que folhava muito bem...




Como calculam isto foi um fartote e passou em toda a chafarica espanhola na altura !

Dou comigo a receber cartas de pessoas em Espanha, de diversas cidades, até de presos a cumprir sentenças, coitados, enganados pelo make up das câmaras e pelas declarações duma tipa que se fartava de folhar.

Nesse verão subi à estratosfera do meu estrelato, com grupos de espanhóis a visitarem a Minha Guerra para me verem e serem fotografados comigo !!

Toca o telefone :" D. Dê, pode chegar aqui por favor?"  "Algum problema ?" " Não senhora, é só um grupo de espanhóis que está a perguntar por si"... lá fui e perante o meu espanto entre gritos "Dê!! Dê!!" e puxões lá me deixei fotografar com toda a gente, e toda a gente queria uma foto com a Dê, como se eu fosse o Rato Mickey e estivéssemos na Disneyland. E situações idênticas sucederam-se, vezes sem conta, comigo inchada que nem um pavão a quem só faltava a passadeira vermelha.

O EU vedeta, grande celebridade , tipa  Jet de primeira água acordou para a vida com a mesma rapidez com que a aconselharam a consultar um dicionário.

Acreditem, os meus 15 minutos de fama, prolongaram-se ainda por uns tempos, e deve ter sido uma festa de folhado para nuestros hermanos.


  • Aprendi à custa da minha vaidade e vã glória de aparecer,  que há momentos em que pensar no que se vai dizer antes de abrir a boca é o mais importante na vida...nem que seja só por dois segundos  ...


                                   

18 comentários:

  1. Cara M D, o problema é de "nuestros hermanos" que não querem aprender nada da nossa bela língua portuguesa (por acaso, e por experiência, percebemo-los melhor a eles que eles a nós). Preconceitos seculares, está bem de ver :)

    Boa noite :)

    ResponderEliminar
  2. Nesta experiência que me ensinou a ser mais precavida, o apresentador do programa jogou bem e o meu nervosismo e agitação não me deixaram ver o que era até bastante evidente . A história de folhar e saber folhar ( follar, ali ao lado, com uma conotação completamente diferente ) abriu-me os olhos... foi tarde ? Talvez, mas foi muito bem feito e muito engraçado !

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas não quero deixar de expressar a minha concordância com o facto de que os Espanhóis sã tacanhos e de comoreensão lenta por natureza. Aboa noite Señor X Y murchas Gracias.

      Eliminar
    2. E peço desculpas pelo escriba que vive nesta coisa maçãnica, e que raramente escreve o que se lhe diz.

      Eliminar
  3. Saber folhar bem não é para qualquer uma!! :P

    Beijinhos Marianos! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Cálculo que não, cálculo ;). Beijinhos ( sem serem follados).
      D.

      Eliminar
    2. E volto a pedir desculpas pelo escriba que vive nesta coisa maçãnica, e que raramente escreve o que se lhe manda :) ... se assim continua, ainda o mando folhar ( com dois éles)...

      Eliminar
  4. Fico contente pelos teus 15 m de fama.
    pelo menos já sabes como é e aprendeste.

    Eu vou morrer só sabendo por depoimentos.

    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mas tu és uma escritora publicada, Pérola, e isso é de valor !! :)

      Eliminar
  5. Quando vou a Espanha, vou de óculos escuros e chapéu de abas largas, estilo Catherine Deneuve, mas não pelas melhores razões :):)

    ResponderEliminar
  6. Oh, uma pista, por pequena que seja, vamos láááááááá... Não é justo, Maria, vires aqui dizer que foste estrela televisiva e não nos dares qualquer indício para podermos descobrir! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Sabes Miu, não foi o momento mais feliz da minha vida. Passado bastante tempo, acho um piadão, mas que fui burrinha... ( experimenta ir ao tradutor e ver o que FOLLAR em Espanhol, que mesmo dizer em Portugês... decerto compreenderás toda a minha ENORME popularidade... :D::D

    ResponderEliminar
  8. Em boa hora segui o teu rasto...

    Desde que comecei a ler este post delicioso perdi a conta a quantas gargalhadas sonoras soltei!
    Mas ninguém nasce ensinado, verdade? Eu conheci o significado do termo follar (com dois éles) por mero acaso aqui há uns valentes anos quando uma das minhas sobrinhas foi em Erasmus para Granada. Ela um dia lá nos contou, muito encavacada, que se tinha passado uma peripécia semelhante com ela, mas à escala do seu umbigo, felizmente, rodeada apenas de alguns colegas de faculdade.
    Agora acontecer uma história dessas na TV... é dose!
    Ficou uma história engraçada para agora, que já passou esse tal tempão, poderes sorrir e recordar.

    Um beijinho sem gordura (nem cafeína)
    (^^)



    PS: a propósito de cafeína, deixei um COMENTÁRIO no Xilre para leres.

    ResponderEliminar
    Respostas

    1. Desculpa... só agora dei conta que já o tinhas visto!
      (^^)

      Eliminar
    2. Viva, Afrodite, obrigada pela visita e compreensão :) ... afinal folhar ( ou follar) bem, não é para qualquer um, como já referiu, e muito bem a Maria Eu :):)

      Eliminar

    3. Ora nem mais, concordo em género, número e grau! :D

      Quanto a mim, de folhados (com "lh") só sou entendida na hora de os comer... e devo confessar que são para mim (os bons) uma verdadeira perdição.

      E como estamos na hora do almoço, bom apetite
      (^^)

      Eliminar
  9. Nós em Portugal sabemos folhar muito bem!
    O exemplo vem de cima onde os que nos governam nos folham todos os dias, com requintes de malvadez.
    :DD

    ResponderEliminar
  10. Ahahahahahahahahahahahahaha.... e é com cada folhadela !!!!

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva