sexta-feira, 7 de junho de 2013

Escritos Dispersos

Se os macacos soubessem aborrecer-se, poderiam tornar-se homens
( Johan Wolfgang Von Goethe )


O D do meu nome, deveria ser DD e o seu significado das Dores.... mas não é.
Tenho um little black book, onde à laia de catálogo, vou escrevendo e enumerando todos os achaques que me dão, tornando assim bem mais fácil de os  identificar, por exemplo : 324- picadas no joanete do pé esquerdo...

Este blog poderia ser sobre doenças, PDI, etc, seria diário e teria pano para mangas. Mas não é.

Eu comecei este blog há um ano para escrever opiniões  e conhecimentos adquiridos nos meus muitos anos a palmilhar por estas paragens terrenas, mas comecei a escrever sobretudo para poder contar algumas memórias que me são gratas, factos com alguma relevância que marcaram a minha vida, momentos de tristeza e felicidade....

Nunca poderia escrever um fashion blog, pois não sou de modas, nem um blog especializado em algo, já que aquilo que sei fazer melhor é comer, e neste momento estou como a nossa amiga Ursa de Quadripolaridades : a tentar começar o dia # 1 da dieta. 

Para boa disposição temos a nossa Palmier e a Sexinho , por isso de humor, também não pesco muito.


Também nunca poderia escrever um blog tipo"Diário de Bordo", porque seria aborrecido e chato e vira o disco e toca o mesmo. Não corro, não pedalo, não nado...nada, não faço nada de jeito.

Escrever bem como o Tolan ou o Pipoco, é coisa que não me assiste, por isso contento-me a anotar pensamentos mais de mim para mim , e de dar "bicadas" à guisa de comentário nos blogues bons, naqueles que dão "pica" ler.

A Minha Guerra anda sem grandes confrontos que mereçam a a pena relatar, as minhas séries favoritas de televisão, deixam-me confusa e chateada, se vou passear a pé , acabo sempre por me aborrecer com os fantasmas das alegrias que foram e já não são e que agora não passam de arremedos de tristezas...

Não muito longe vai o tempo em que escrevia um post, dois ou três por dia, assim à mercantilista...

Olha, a semana passada fez calor e o tempo esteve bonito, agora... estou a ver se chove...

PS.: Não fui à feira do Livro. Como faço anos ( ...mais um) daqui a algum tempo, fico a aguardar a surpresa do costume. Se não me "surpreenderem" há sempre a Bertrand e a FNAC... não dá é para ir para lá armar , mas encontramos sempre o que queremos... 




4 comentários:

  1. Eu gosto muito da tua forma de escrever...és simples e muuto fluida na escrita.

    Fiquei a babar com os morangos...

    beijinho

    ResponderEliminar
  2. Obrigada Pérola. Também gosto muito de te ler . Escreves com emoção. Os morangos é mais android e bancada da cozinha... :)

    ResponderEliminar
  3. A Sexinha e a Palmier, sim, tornam esta bloga mais alegre!

    Mas o teu 'post' de hoje é muito triste, Maria! Isso de ir passear a pé e ficar assolada por alegrias antigas que já não o são... Céus!
    Quanto às dores, olha, desde que ando a carregar com o meu mais pequeno (que nem sequer é gordo, andando aí pelos 12 kgs) ganhei um bónus: uma dor permanente num ombro...;)

    Beijinhos e...take it easy!

    ResponderEliminar
  4. Isso da dor permanente num ombro deve ser algum virus, ... nem consigo mexer do ombro esquerdo ao cotovelo... só espero que não seja praí um Espondi-H1N1, que esta galinha depenada seguramente não diria que era canja.... cansa, piquena, cansa....

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva