quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

Às Voltas com a Língua da Sogra: Ебут русских!


"O tempo e a paciência são dois eternos beligerantes."Lev Tolstoi









Sendo a Sogra como é e parafraseando António Gedeão,"Bichinho alacre e sedento, De focinho pontiagudo, Em perpétuo movimento" não descansou enquanto não se inteirou sobre os Russos: os Éves, os Óves, os Ines, os Kys, os Óis, os Ais e outros que tais.





Nos meus tempos de Globe-Trotter, a Praça Vermelha era o maior negócio turístico de Moscovo e um pouco o paradigma da sociedade soviética de então: Pintura de fachada com um interior corroído, onde se venerava um morto como se fosse um Deus.
(A maior parte dos Russos são uma seca, mas tenho memórias fantásticas de St. Petersburg...)



Como não há crime sem castigo, esta minha deserção à ressurrecta deferência pelos grandes mestres das estepes e consequente abraço a outras tendências culturais da palavra escrita, trouxe-me alguns dissabores: Não só me tornei uma Sogra completamente descontextualizada da actualidade literária, como é definitivo que já não vejo um boi à frente do nariz sem usar óculos.




Moral da história: A Sogra quis tanto armar aos cucos com os Russos, que  acabou por se ver Grega com isto tudo...





"A parte que ignoramos é muito maior que tudo quanto sabemos."- Platão


PS : Assim à  laia de Post-Scriptum não posso deixar de acrescentar  que a minha relação com os Russos, certifica a veracidade do proficiente ditado " Quem desdenha, quer comprar"... MUITOS !!!!




Мать скучно!  .....   Συμφωνώ απόλυτα!

10 comentários:

  1. Já comia o bolinho aqui de baixo do qual não me recordo o nome.

    Beijinho, 'sogra'!

    ResponderEliminar
  2. Russo,piquena!! É um apetitoso Russo !!!

    ResponderEliminar
  3. Os grandes mestres das estepes estão agora muito em moda, desde que o Anna Karenina chegou às salas, se bem que duvide que a maioria do público o atribua ao velho Leão :)

    ResponderEliminar
  4. Muitos verão o filme, e pronto... é que a leitura do Lév não é Lev-ezinha :)

    ResponderEliminar
  5. pássaro viajeirojaneiro 25, 2013

    Rússia não conheço, e da maneira de como detesto o frio duvido que alguma vez conheça, mas conheço a Grécia, ora.
    E conheço as pradarias africanas onde desde os meus sete anos, empoleirado numa árvore, via a chita perseguir a presa e os mabecos encurralarem caça.
    Muito mais divertido do que ir rapar frio para as estepes russas, ora essa.

    ResponderEliminar
  6. Marrocos e a Ilha do Sal não contam como Africa, e é tudo o que eu conheço de lá... lamentavelmente, pássaro, sou bem MENOS viajada do que gostaria

    ResponderEliminar
  7. pássaro viajeirojaneiro 25, 2013

    Bom; contar contam, são África efectivamente, com apenas uma civilização demasiado grande para o meu gosto. Muito preparadas para o turismo e assim não vale, :)
    Veja esta situação: pássaro com 18 anos, sozinho às 2 horas da madrugada dentro de uma savana angolana, (na procura de um gajo os homens foram por um lado, pássaro por outro) esbarra com um banido leão a devorar o gajo desaparecido.
    Como o mínimo movimento meu enervava o comensal, ali fiquei a ver devorá-lo. Às quatro da manhã deu por finda a refeição, lançou-me um olhar ameaçador e arrastando a barriga, foi-se agradecido aos Deuses.
    Um pouco diferente da Ilha do Sal, não?

    ResponderEliminar
  8. Bolas! Nem salgado, nem picante : Terrífico ! ... Aqui a Sogra provavelmente ficaria mais leve e menos cheirosa... ou então mais, depende do ponto de vista... O meu Menino (irmão mais novo) está a trabalhar em Luanda há um ano e pouco...adora !

    ResponderEliminar
  9. pássaro viajeirojaneiro 25, 2013

    Luanda e sua ilha, maravilha da natureza. Terra do nascimento da minha filha mais velha, a outra foi no Lobito que não é menos formosa.
    E isto? Tem aí muito trabalhinho meu.
    Depois da minha valiosa contribuição, passe a modéstia, para a realização dessa obra-prima, um gajo tem de reconhecer que atingiu a realização plena.
    E convém saber conduzir porque senão, até lá abaixo são mais de mil metros a pique sobre rochas.

    http://www.youtube.com/watch?v=aPiGkBvekB0


    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva