domingo, 25 de novembro de 2012

Falar para o boneco...


"Há pessoas tão aborrecidas que nos fazem perder um dia inteiro em cinco minutos." Jules Renard


- Já viste que tempo de m*rda ?


- O ser humano é muito inconstante, caraças… passo o raio do Verão todo a queixar-me do tempo, e porque está quente, e porque tenho afrontamentos, e porque não aguento, e porque suo como um cavalo, e porque raios partam a porcaria do calor, e porque nunca mais acaba esta trampa e vem o frio… sim, porque o frio é bom e a malta controla o frio com a roupa, enquanto o calor é incontrolavelmente sufocante e não dá para andar nua...ainda matava alguém do coração... nunca me almejei serial killer, pah...


- Então não me dizes porque é que tenho os ossos húmidos, os olhos fechados de inchados que estão e o nariz a pingar?? … Então não é o frio que é 5 estrelas !?!?... Parece-me é que já não sei bem o que é que quero…



- Sabes, duma coisa tenho a certeza: sou seguramente uma reclameante profissional. Passo a vida a reclamar de tudo e de todos. Passo a vida a reclamar da própria vida e nunca estou satisfeita com coisa nenhuma. Reclamo do tempo, do trabalho, do governo, da casa, dos gatos, dos achaques da idade, do barulho, do silencio, reclamo porque sim, reclamo porque não, reclamo porque…reclamo…


- Tu sabes bem... passas tempo suficiente comigo para me conheceres de ginjeira... sabes que eu sou assim... só desabafos... muita parra e pouca uva... fogo de vista... muito barulho por nada... 


- Achas que estou a ficar uma chata? … É que por vezes dou pelos meus interlocutores a responderem-me com monossílabos ou simplesmente sons… Sintomático, não achas ? Penso que me estou a tornar na minha Mãe muito mais depressa do que gostaria… Não me interpretes mal, pah ! A Mãe é uma querida, adoro-a, mas é TÃOOO chata… Ó pra mim, que não devo estar muito aquém… Provavelmente já há quem se benza quando me telefona, e reza para que a seca seja levezinha…





- Pah, tem lá paciência, mas uma pessoa tem dias ( até tem muitos) que está um bocado desanimada e precisa de desabafar. És um bom ouvinte eu sei. É por isso que falo tanto contigo… nunca me fica aquele amargo de boca, aquela sensação desagradável de quem esteve horas a fio a falar para o boneco… 

2 comentários:

  1. Ahahahahah! Adorei este diálogo felino. E também essa pérola filosófica de que nunca estamos bem com o tempo que temos. É mesmo verdade!
    Um beijinho

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva