quinta-feira, 9 de agosto de 2012

O Dia D


É já amanhã...

 Mais um dia D , ou seja o dia da  D , ou o dia em que a  D  faz anos.

Quando era miúda adorava os meus aniversários, sempre animados com amigos e presentes.

Na adolescência, não via a hora de ter 18 ou 20 velas no bolo, e deixar de ser criança de vez, coisa que acredito que nunca chegou a acontecer.


Completei 20 anos durante a nossa fase de Campistas ( ver  Acampar) , e a mãe convidou quase todo o Parque de Turismo de Lagos para um drink em pleno Agosto… JJJJ


Depois de ser mãe, passei a viver com muito mais intensidade os aniversários das Pérolas, do que vivia os do Pai, a 25 de Novembro, data religiosa para toda a família e amigos chegados, em que fazíamos uma celebração de truz, tipo tudo-em-um, nunca com menos de 30 ou 40 participantes, muita música e muita alegria.


A Pérola Maior sempre teve direito a comemorações de altíssimo gabarito, muitas das quais com verdadeiras orgias de lagosta que eu e o Marido trazíamos da Ilha do Sal(ver Miss Dandy Me) em Cabo Verde. Instituiu-se então que os marcos festivos da família seriam em Março e Novembro, o que requeria uma preparação cuidada, porque os celebrados eram gastronomicamente muito inventivos e exigentes, e propunham inclusivamente temas para decoração (!!)…


A Pérola Menor nasceu em Agosto. Formidável membro da terceira  geração duma sucessão de Leoas , nunca teve grandes celebrações, porque tanto familiares como amigos e colegas, escolhiam Agosto como o mês de férias de eleição, pelo que creio que  ela sempre se sentiu de alguma forma descriminada em relação aos lautos festins  nos aniversários da irmã.




 Tentámos colmatar a lacuna com viagens e passeios, como aquele á Disneyland (ver Neverland).




Presentemente o dia  D , raramente pode ser  D de Descanso; acontece amiúde ser  D  de  Deprimente… É mais um ano que passa, mais um que acrescento ao Widget que conta as visitas que o tempo me faz. É o  D  que marca a  Distinção entre a idade do corpo e a idade do espírito, que infelizmente não são de escolha livre e não vivem  Dissociadas.


Sei que andam a congeminar uma “surpresa”, que como é costume, já não é nenhum segredo, mas mostro-me sempre  Deliciada e surpreendida.




Bem, amanhã, no meu dia  D , vou fazer a  Diligência para  ser alegre e  Divertida,  Descontraída e  Deixa-andar e vou seguramente  Deslumbrar-me com todo o  Desvelo e mimo de que vou ser alvo,  e vai ser giro e  Diferente.  

 Um  Grande Xi-      da D.

2 comentários:

  1. Como já passa da meia noite, hoje é o Dia D, por isso PARABÉNS!!Um dia muito feliz e muito bem passado junto da família e amigos!

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva