sexta-feira, 6 de julho de 2012

O nó para a vida..


Casamento :


Casamento é o vínculo estabelecido entre duas pessoas, mediante o reconhecimento governamental, religioso ou social e que pressupõe uma relação interpessoal de intimidade, cuja representação arquetípica é a coabitação, embora possa ser visto por muitos como um contrato. Na legislação portuguesa, o casamento é, efectivamente, definido como um contrato.




A longevidade do casamento não depende de grande paixão ou ardente amor. É fundamental haver uma amizade sem fim, muita cumplicidade e grande compreensão. O meu casamento dura há 32 anos. Não é perfeito nem nunca há-de ser pacífico, principalmente porque somos ambos muito teimosos e com mau feitio, ambos de signos de fogo, a ferver em pouca água. Ele tem uma ENORME paciência para me aturar, e eu vou levando os seus dislates na desportiva.

O conhecimento profundo um do outro que só se pode adquirir após muitos anos de convivência é fundamental para poder manter o equilíbrio e a sanidade de ambos.


Ele já sabe que quando o dia me corre menos bem (no trabalho, em casa, etc.) tendo a fuzilar o primeiro que me expuser á primeira contrariedade. Nem sempre é pacífico e é frequentemente feio de assistir. Mas passa rapidamente: já extravasei, por isso meia hora passada, já não é nada comigo.

 Ele desliga; ignorar e não alimentar a fogueira da verborreia é sempre o melhor remédio, porque aquele fogo é de vista, e acaba por extinguir-se sozinho.


Eu já sei que ele é teimoso e "tem" quase sempre razão. É sempre reticente a novas ideias e novas aquisições para o lar, o que faz com que eu tenha que pôr em prática toda a psicologia de casal que adquiri empiricamente ao longo de 32 anos: mensagens subliminares! Com algum exercício mental, consegue-se introduzir “Televisão LED” pelo meio duma conversa de batatas e cebolas, de tal modo, que quando chega o novo aparelho, ele mostra a todos a SUA nova aquisição J



Outra coisa that drives me crazy, é lavar roupa. TODA a roupa; TUDO o que é lavável, desde  cuequinhas, passando por casacos de Inverno e acabando em tapetes e cortinados. É uma daquelas vocações inatas, raras nos homens, que muitas mulheres desejariam para o seu marido, mas que nem sempre corre bem. O último upgrade que tentei introduzir no sistema das lavagens foi o Blanka OxiAction Magnets, para garantir que a roupa branca se mantenha pelo menos no mesmo tom.

 Como nota de rodapé para as mulheres que como eu trabalham ao fim de semana, e o marido fica em casa e ao fim da tarde já não tem o que fazer, sejam inventivas! Avariem qualquer coisa facilmente reparável, façam uma pequena listinha de compras, sei lá, qualquer coisa longe da máquina de lavar roupa, sob pena de um dia de folga ser dedicado á tradicional “barrela”…


Não somos exagerados, adoramos as filhas, a família, os gatos e a casa. Gostamos de confeccionar grandes repastos: eu no fogão e ele no lava loiças, somos uma dupla de se lhe tirar o chapéu! Aliás, é a única pessoa que autorizo ao meu lado na cozinha: nem precisamos falar, somos precisos e eficazes.


Não somos do mesmo clube de futebol; não temos as mesmas cores políticas; um é fanático pela informação (zapping constante a todos os jornais televisivos) e lê tudo o que é jornal, o outro adora um bom filme e um bom livro, e as últimas assim por alto; um é do Norte outro é do Sul. Então o que é que faz com que duas pessoas tão diferentes estejam juntas há tanto tempo, na riqueza e na pobreza, no melhor e no pior, na saúde e na doença?





Ele é o meu melhor amigo, e a vida sem ele para mim não faria qualquer sentido. Tenho e certeza que ele pensa o mesmo de mim. 

5 comentários:

  1. Lindo!
    Cá em casa somos também muito assim e é por isso que quando ele não está me sinto maridoless...

    ResponderEliminar
  2. Muito bom!! O meu casamento dura há 18 anos e espero que se prolongue por muitos e muitos mais, pois considero-me uma daquelas sortudas que tem um marido fantástico, tal como o seu.

    ResponderEliminar
  3. Tem toda a razão !! Mas it takes two for tango, por isso nós também somos fantásticas, verdade????? :D

    ResponderEliminar
  4. Verdade, verdadinha!!!Melhor não podíamos ser! :))

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva