terça-feira, 19 de junho de 2012

Traduções e legendas: Deus, fizemos mal a quem ?

Descrição:
Tradução é uma actividade que abrange a interpretação do significado de um texto em uma língua — o texto fonte — e a produção de um novo texto em outra língua, mas que exprima o texto original da forma mais exacta possível na língua destino; O texto resultante também se chama tradução.



Quando me desafiaram a tentar escrever, porque é disso que o Ditos & Escritos realmente trata - a minha tentativa de pôr por escrito ideias e pensamentos, nunca pensei que se tornasse num vício com uma adicção tão forte. Ainda não tenho um mês de blog e o número de visitas impressionou-me , e apesar de eu estar perfeitamente ciente que é provável que só menos de um terço dos meus visitantes leiam realmente o que eu escrevo, mesmo assim já é um número considerável de leitores.
Como muitos dos visitantes não são portugueses, resolvi instalar um tradutor que suporta várias línguas nesta página. Pensei ser uma ideia genial !!! Qualquer dia sou um Hemingway, ou um F. Scott Fitzgerald, com reconhecimento internacional and all nine yards !!!
O meu espanto quando experimentei o processo traduziu-se no jargão, tão comum às  modernas mensagens escritas : " OMG!WTFIT?" ... e a ideia de escrever para um público internacional foi tão rapidamente apagada como se o Ditos & Escritos tivesse sido redigido no areal duma praia durante a baixa-mar.
Traduzir não é para uma máquina, tampouco para muita gente formada superiormente na matéria. Dou como exemplo flagrante , um episódio do CSI - Crime Scene Investigastion, ( consta no final do mesmo o nome da empresa conceituada no ramo em Portugal e o nome da pessoa que realizou o trabalho), em que a páginas tantas da trama, o médico legista informa o Grissom com estas palavras ." Gil, we found our C.O.D.", o que foi alegremente traduzido como : " Gil, encontrámos o nosso bacalhau". Como este, há dezenas, centenas, milhares destes pequenos mimos, principalmente em séries televisivas, cuja compreensão do conteúdo nos é tantas vezes dificultada pela ausência do sentido.
Não sou uma expert na matéria, mas tenho conhecimento suficiente para aconselhar quem possa, que veja o que mais gosta de ver, na televisão, no cinema, em casa, filmes, séries, documentários, informação, tudo, mas tudo sem legendas. É uma experiência nova e muito enriquecedora. Já pensaram no que estamos a perder  duma excelente reportagem, por exemplo, por estarmos  a ler as legendas ? Com calma compreenderemos tudo, até porque o cérebro humano é capaz de realizar prodígios.
Para nosso espanto, a mensagem á nossa esquerda, que parece algo estranho e em código, é afinal tão simples que o nosso cérebro a descodifica com uma naturalidade e rapidez impressionantes J

1 comentário:

  1. Querida Amiga, Tem toda a razão deste mundo e arredores! Eu já vi com cada tradução... completamente surreais! E acredite que já ouvi da boca de um senhor com a "antiga" quarta classe - que era "the" 4ª classe, que não é preciso saber línguas hoje em dia. O google tradutor faz tudo (???). É como diz o ditado (em "googolês) "Rely on the virgin and don't run"...

    ResponderEliminar

É aqui que me mandas dar uma curva